Miu ♥

Era um dia de muita chuva e fazia frio na rua. Em meio a biscoitos, flores e vestido branco, um pequeno notável miava muito e pedia por carinho. Ele e seus 10cm de pura magreza, uma perninha deslocada e um pedido de socorro de cortar o ♥ “miiiiiiuuuu”.

Eu tenho uma preferencia notável por animais que latem, mas não poderia fechar os olhos para aquele pontinho preto (que mais parecia um pinto molhado) implorando por ajuda.

“Ok, coloca no carro. Mas ele vai ficar apenas 2 dias lá em casa”.

E foi assim que a nossa casa se transformou em um hotel para o fim de semana. No pacote estava incluso: banho, comidinha (leia-se ração de cachorro.. sim!! era o que tinha) e cama quentinha!!!

Segunda feira chegou! –  era dia de check out. Estava tudo pronto para dizer adeus.. Uma lagriminha no canto dos olhos apontava sinais de que o coração apertaria dali para frente. “seja firme Géssica! Ele vai para um lugar bom!”

-Vaii? Não vai?!

O dia no trabalho me manteve ocupada, mas já na estrada de volta para casa.. fui me sentindo uma traidora! Eu enchi aquele coraçãozinho minúsculo de amor. – Mostrei, mesmo que por apenas 2 dias, que humanos são pessoas boas. Que tem gente no mundo que é mais amor. E depois, enrolei ele em um cobertorzinho.. enquanto meu marido ligava para o Pet Shop que pegaria para doação. Meu Deus, o que eu fiz???? E se ele não fosse adotado? E se ninguém aceitasse a deficiência daquela perninha que não encostava reta no chão? E se ele lembrasse de mim apenas como uma golpista?! “aiiiii meu coração”!!!

Eis que chego em casa, abro a porta e escuto uma voz meio tremula, meio insegura, meio sem reação.. falando como se fosse um bebe.. Era o meu marido.  – Oi? “-Amor, tudo bem ai?”

Alguns passos a frente e chego na sacada, que mais parecia um parque de diversões, Só que para gatos! *Tinha arranhador, peninhas, bolinhas.. potinho de comida em formato de pata.. Tinha enfim ração para gatos.. Já tinha uma carteirinha com as primeiras vacinas dadas e fisioterapeuta marcada para ver aquela perninha dodói. OMG!!! – Nós já eramos três! 

Fiquei estática. Eu lembro que por vários minutos fiquei olhando a cena do Filippi sentado no chão, fazendo carinho naquele pequeninho preto e me sentindo a Esposa mais orgulhosa de todas! Pensando que Ele era o dono do coração mais lindo do mundo.. e o melhor.. ELE era MEU, e morava lá em casa ♥

– Amor, não consegui deixar lá. Comprei as coisas para deixar ele mais confortável. Vamos doar pra quem a gente conheça… é melhor né?!

Nós sabiamos que não iriamos mais dar nosso bebe para ninguém! Ele era tão nosso, quanto nós eramos dele.

Ele virou nossa vida de cabeça para baixo.. ele nos fez encontrar uma pessoa para cuidar da limpeza da casa com mais frequência.. Nos fez começar a acordar as 7:30 nos sábados, pois era dia de acupuntura! Ele já quebrou o vaso da sala e fez com que a gente tivesse que prender as cortinas.. Ele é meio gato, meio cachorro e quase gente! Ele nos divide ao meio na hora de dormir.. MAS, Ele nos dá um amor diário que transborda!! Ele é parte da gente.. Ele é incrível.. Ele é NOSSO!!!

E de repente, aquele miado insistente se transformou na palavra mais falada dentro da nossa casa:

“Miu” ♥

 

13062027_996123680443216_3847542687430231595_n

 

Hoje faz um ano. Exatamente um ano, que esse pacotinho peludo chegou do céu pra gente. Faz exatamente um ano que somos muito mais felizes ♥ #meuamorde4patas

Gé.