Almost next Year ♥

Sim, já estamos no final de agosto. E já ouço pessoas fazendo planos sobre Natal, Réveillon e as deliciosas férias de verão. Não sei se estava ocupada demais trabalhando ou se realmente as 24hrs do dia estão mais curtas do que nunca, mas parece que foi ontem que 2014 se despedia. Uau!!

Sabe quando dizem que depois da tempestade, vem a calmaria? Pois é.. que sensação boa essa de alma limpa. Meu trabalho (aquele com os devidos registros) vai super bem, obrigada. Nunca estive tão bem na verdade. Novas responsabilidades, novo rumo.. praticamente um novo cargo.

Nos trabalhos “pós trabalho”, muitas mudanças! Algumas grandes decepções e por fim: uma lição de vida! As coisa não poderiam ter tomado um desfecho melhor apesar de um desgaste grande e desnecessário, então, aprendi ter paciência e esperar em Deus. “Hold on, God knows what He’s doing.. all the time”. 

Um turbilhão de emoções que me invadiram durante esses últimos meses, me trouxeram até aqui novamente. Me senti dona de mim outra vez. É aqui que eu pertenço afinal de contas. Foi aqui que tudo começou e é neste pedaço de pensamento meu que eu me encontro. Aliás, devo desculpas a mim mesma por para de escrever pra mim. Quase um ano se passou e eu fiquei sem lembranças gravadas na maior parte de 2015. Um ano turbulento, cheio de emoções, de amor e de trabalho. ♥

E falando em emoções, temos um novo membro lá em casa e meu coração de derrete a cada dia mais: nossa família mais completa, o nosso “MIU”.

20150517_222257

Em Resumo: Estamos em Agosto e já é Natal…

Gé.

e quando tudo que era certo, parece dar errado?!

Desde que comecei a olhar o casamento com olhos de amor, olhos de nosso, que eu sonho com um casamento ao ar livre. Além de ser uma graça, é romântico e é meu sonho.

Sou católica, meus pais frequentam a Igreja e me ensinaram a seguir este caminho. Eu acredito em Deus, confio em Nossa Senhora e sou grata por tudo que sou e tenho. Alguns dias atrás quando fomos conversar com o Bispo da nossa diocese sobre a entrada nos nossos documentos para o casamento ficamos sabendo que ele não permitiria que o nosso padre nos casasse fora da Igreja. O padre por sua vez nos informou que sem a autorização do bispo, não poderia realmente celebrar a nossa união. E eu desmoronei. Estava tudo certo até ontem!!! Nunca senti um vazio tão grande, foi como um punhal das costas. Quer dizer então, que Deus não vai abençoar nossa união ou não é a favor do meu casamento por que ele é na rua? Mas aonde esta o sentido da frase: “onde um ou mais estiverem reunidos em meu nome, lá estarei”? Deus está em todas as partes, em todos os corações e não escolhe a dedo o lugar para entrar. A minha tristeza se transformou em raiva e eu pensei mais de três vezes, bem mais que isso, em não celebrar meu casamento junto com a Igreja católica. Mas não vou entrar em detalhes de tudo que eu penso. E se por um lado, todo o meu sonho era decepção, no outro lado estão os meus pais. Seria injusto com eles que sempre foram tão católicos, que sempre fizeram tudo por mim, que estavam fazendo todos os meus pedidos tornarem realidade no grande dia. Seria uma decepção maior ainda para o meu pai eu falar que faria um casamento fora da igreja católica. Que faria apenas uma celebração. E agora? E o que eu quero? Qual o sentido em não poder celebrar casamentos na rua? É um absurdo. Eu nunca li a bíblia inteira, mas com certeza Deus nunca disse que para receber suas bênçãos era obrigatório estar dentro da Igreja. Jesus não pregava a palavra de Deus na rua?  E o que me dizem das missas Campeiras, lá Deus não está? Mas tudo bem, não vou permitir que isso abale a minha fé e nem que impeça meu casamento de ser real. Chegamos também a cogitar casar uma semana antes na igreja e no dia 19/10 fazer o civil na rua para nossos convidados, mas ai mudaria todo o sentido do casamento, que é a união de dois corações em Deus. Eis que a saída para tudo isso foi então, reservar a capelinha (que é um amor) mais próxima ao local da festa que por sorte estava vaga no nosso dia e dizer SIM lá dentro. Dizer sim pro amor, sim pra Deus. Na rua ou não, vai ser o dia mais lindo da nossa vida! Estou muito feliz com a maneira como conduzimos esse problemão. Depois de muito chorar, deu tudo certo. Mudou o rumo, mas o resultado vai ser o mesmo: MUITO AMOR e uma cerimônia Linda!

Imagem

O tempo voa e aí, ficamos sem tempo..

Meninas.. desculpem a ausência. Com certeza não sumirei mais por tanto tempo. Senti muita falta de escrever. Mas em meio a tanto trabalho (de casamento e profissional mesmo) fiquei sem tempo de fazer o log in.

Vamos a um resuminho da semana então?

-Segunda Feira foi dia de escolher o tecido do VESTIDO. A Ludi é um amor, pensa em uma pessoa que te passa confiança? É Ela. Estou encantada com tudo. E uma das partes mais significativas do casamento não pode ser dividida com o NOIVO, poxa que chato isso!! E agora?! A vontade de sair gritando é grande. Quando finalmente eu puder mostrar pra todo mundo como o meu vestido dos sonhos é, vocês vão entender o porquê de tanto amor! Está sendo feito pra mim, especialmente com a minha personalidade, com um toque do gosto do noivo que já conheço a seis anos e com as mãos de fada e a reprodução impecável da LUDI. Tão bom quanto mostrar o vestido pra vocês, é guardar a surpresa. Dia 12/07 é a primeira prova! SIM, a primeira de 3. Imagine um coração saltando de felicidade!! É o meu! ♥

-Mais um convite de daminha foi entregue essa semana e o convite dos padrinhos ainda não está ok!! Espero ter tudo certo ainda esse mês!! A maior parte dos padrinhos nem fazem ideia que serão convidados então preciso apressar.

-As Damas? As minhas liiindas damas já decidiram os vestidos. Já decidiram quem vai fazer, já sabem a cor. E se preparem, vai ser lindo de se ver!!

-Segunda feira vamos voltar na floricultura pra fazer uns ajustes na decoração e pronto! Mais um item estará CHECKED. DEMAIS!! Está tudo tão perto e eu estou muito feliz de ter cada vez mais certeza que vou ser uma esposa (esposa é tão sério né!!) dedicada e sempre vou ter um lar pra chamar de “melhor lugar do mundo”.

Semana que vem eu volto e prometo que com muito mais freqüência.

Imagem